• 15ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Ação da PM do meio ambiente detém nove pessoas que são autuadas em quase R$50 mil

    Nove pessoas foram levadas à delegacia nesta segunda-feira (03) acusadas de exploração de mata atlântica sem autorização em Piedade do Rio Grande.

    As prisões aconteceram após uma denúncia, que dava a informação de que estaria acontecendo desmate em floresta sem autorização do órgão competente. A equipe da PM do Meio Ambiente compareceu ao local, onde nas proximidades do local das denúncias, ouviram barulhos do uso de machados e foices. Usando de técnicas de aproximação, os militares avistaram pessoas realizando cortes na floresta.

    Foi solicitado aos envolvidos que cessassem o que estavam fazendo, sendo dada a ordem para que os abordados ficassem em posição de busca pessoal, e largassem as ferramentas, se deslocando para a proximidade da viatura.

    Após conversa com os abordados, eles disseram que foram contratados por uma pessoa para fazer o corte da floresta no local indicado. Com base na lei 9.605 no artigo 38 alinea “a”, é proibida a ação em que estavam envolvidos sem a devida autorização.

    Diante do fato, foi dada voz de prisão em flagrante delito aos abordados, que foram conduzidos até o destacamento da PM de Piedade do Rio Grande para serem tomadas as devidas providências pertinentes ao crime ambiental cometido.

    Durante o procedimento do registro, compareceu o responsável pela contratação dos abordados para o serviço no local do desmate. A ele, foi dada voz de prisão em flagrante delito pelo crime previsto na legislação ambiental.

    Após o término do registro, todos os nove envolvidos foram conduzidos até a presença da autoridade competente em Barbacena para demais providências.

    Foram confeccionados nove autos de infração, totalizando 13.5OO UFEMGs, que convertido em Reais chega a quantia aproximada de R$ 47.200. Oito foices e Dois machados também foram apreendidos na ação.