Take a fresh look at your lifestyle.

Acalma a alma

A crônica de Débora Ireno Dias

0 253

Uma tarde qualquer, um céu azul que traz ares de renovação. 

Uma tarde qualquer, fria, com um céu azul e um sol que aquece o coração.

Uma tarde qualquer, uma xícara de café e uma boa prosa, naquele canto da sala de onde se vê a vida passando…num passado que desejava um futuro promissor, e que hoje se vê presente diferente do que seria.

Uma tarde qualquer, enquanto o mundo corre lá fora, ela ali apenas pensando se vai correr, se vai ler, se vai, se fica, se foi, se será…Tantos “se´s” que já lhe fizeram pirar, chorar, desesperar e que hoje, apenas, são questões indefinidas para desembaralhar, sem neuras, sem pressa. Apenas…

Uma tarde qualquer, uma xícara de café, vendo as notícias que não lhe trazem esperança, vendo pessoas que trazem risos, vendo a vida indo para algum lugar que não será bom para muitos, talvez feliz para poucos. Reformas que desenformam a vida, tiram o ar de quem ainda esperava respirar. 

Mas, apenas hoje, numa tarde qualquer, quer acalmar, com sua xícara de café que lhe lembra a “Força”, aquela que extraiu de si mesma, via ação do Divino, para seguir respirando. E respirando, vai pensando solto, soltando palavras e sentimentos. Nada mais que atrapalhe o ar que respira. Apenas, sente que a alma se acalma. E calma, vai seguindo seu Caminho. Numa tarde qualquer. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.