Take a fresh look at your lifestyle.

(……..)

0 124

Por Débora Ireno Dias

Um grito ecoa no ar. Ninguém escuta. Ele ecoa dentro de um peito que sofre o silêncio da solidão.

Um peito cercado de amigos, até mesmo amores. Cercado de sorrisos, risos, convites. Cercado de momentos felizes…..Mas,felizes para quem?

Naquele peito arde um fogo que consome qualquer sentimento de alegria, de esperança. Há apenas um vazio, espelhado no olhar distante. 

Olha em volta. Vê a vida, vê as cores, sente os sons, o vento que baila seus cabelos. Mas nada tem vida dentro de si. Olha ao redor de si mesmo e não mais se enxerga, o espelho quebrou-se depois do último momento de desespero ao ter mais um “não”.

Vai às festas, trabalha, participa da comunidade, mas sente-se não pertencer a este mundo, a qualquer mundo. Sente-se não pertencendo nem a si mesmo no vai e vem da vida. 

O sorriso sai, vai ao encontro de outros sorrisos, mas o que deseja mesmo é uma brisa suave – ou uma tempestade – que possa levar embora a nuvem que lhe cega os olhos, que lhe traz o sombrio da vida. 

Vida! O que mais deseja é se libertar da dor que lhe consome a alma e, antes que seja tarde, deseja que algum olhar o olhe, algum ouvido o escute, alguma mão o encontre, algum coração bata no compasso do seu e lhe mostre que vale a pena seguir, sorrindo e amando. 

A vida vale mais! E falar é a melhor solução! E escutar, sem preconceitos, é a melhor solução!

Olhe ao redor: alguém precisa do seu olhar! Olhe ao redor: alguém busca o seu olhar! 

#setembroamarelo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.