Notícias


12 de abril de 2017 às 22h36 atualizada em16 de abril de 2017 às 10h09

Pacientes reclamam da falta de médicos e atendimento de agente de saúde

Usuários da Unidade Básica de Saúde do bairro Funcionários

Da Redação
Pacientes reclamam da falta de médicos e atendimento de agente de saúde

Usuários da Unidade Básica de Saúde do bairro Funcionários estão reclamando da falta de médicos e, consequentemente da dificuldade para marcar consultas.  “Para marcação de consultas precisamos chegar cedo para cadastrar o atendimento para outro dia, mesmo se tiver com exames prontos. As pessoas chegam antes da 5h da manhã para pegarem senhas, limitadas ao máximo 30 pessoas. Há relatos de pessoas que voltam à UBS mais de três vezes porque não conseguem atendimento”, destacou o leitor.

Outra reclamação que também envolve a UBS Funcionários, é com relação aos agentes de saúde que não estariam passando nas casas para deixarem as autorizações de exames. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais se manifestou através da Ouvidoria da Saúde, assinada pela Coordenadora, Maria Angélica Viana, de Ouvidora Municipal de Saúde. “Em atenção às reclamações que chegaram a esta Ouvidoria Municipal de Saúde, as quais envolvem o atendimento do PSF do bairro dos Funcionários, vimos esclarecer que:

a) Da reclamação da ausência na prestação de serviços de Agente de Saúde na Região coberta pela equipe da Unidade Básica do bairro dos Funcionários, informamos que em contato com a Enfermeira da Unidade em tela, foi identificado a Agente de Saúde, sendo que se trata de servidora recentemente empossada por consequência de aprovação no último concurso público realizado pelo Município de Barbacena, já tendo sido advertida por mais de uma vez e sua conduta denunciada a autoridade competente que por sua vez, já encaminhou toda a documentação probatória ao serviço jurídico, para as providências legais cabíveis, uma vez que, a servidora em questão encontra-se em período de estágio probatório;

b) Quanto da ausência de profissional médico na Unidade de Saúde Básica do bairro Santa Efigênia, esclarecemos que a médica cubana Dr.ª Indira retornou para seu País em janeiro de 2017, tendo permanecido na Unidade 02(dois) médicos que ficaram incumbidos de atender a área descoberta com a saída da referida médica, contudo em data de 31/03 foi publicado a nomeação do restante do corpo técnico da Secretaria Municipal de Saúde, sendo publicada chamada para profissional médico, o qual terá até 30 (trinta) dias para se apresentar, momento em que será designado para prestar seus serviços junto a unidade citada.