Notícias


14 de julho de 2017 às 07h05 atualizada em14 de julho de 2017 às 07h12

Professor de artes marciais preso por adulteração

Dentro do veículo foram encontradas duas cédulas de dinheiro suspeitas

Da Redação
Professor de artes marciais preso por adulteração
Professor de artes marciais preso por adulteração
B.C.S, de 35 anos, foi preso por agentes da Polícia Rodoviária Federal durante fiscalização de rotina no km 714, BR-040, no início da noite de quinta-feira (13). O professor de artes marciais adulterou as placas de identificação de seu veículo para passar pelo pedágio em Correia de Almeida, distrito de Barbacena, sem efetuar o pagamento.
 
O veículo, um Fiat/Idea ano 2013, foi apreendido e multado em mais de R$500. Durante a revista no interior do veículo foram encontradas duas cédulas, uma de R$50 e outra de R$10 escondidas dentro do painel. Nelas haviam marcas de tinta vermelha, semelhante a  usada para marcar as notas provenientes de roubos a caixas eletrônicos. O suspeito não soube explicar a origem das cédulas e negou serem de sua propriedade. Quanto à adulteração das placas informou que o fez por acreditar que o pagamento de pedágio é abusivo. 
 
O professor, que mora atualmente em Curitiba,  informou aos agentes que seguia para Belo Horizonte, juntamente com dois outros homens, onde participariam de um evento de MMA. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil e B.C.S. seguiu para a cadeia pública em Barbacena.