Notícias


19 de abril de 2017 às 13h35 atualizada em22 de abril de 2017 às 10h02

Testemunhas são ouvidas durante audiência que apura irregularidades nas eleições

Denúncia de captação ilícita e abuso de poder econômico

Da Redação
Testemunhas são ouvidas durante audiência que apura irregularidades nas eleições
Testemunhas são ouvidas durante audiência que apura irregularidades nas eleições

Aconteceu na manhã de quarta-feira (19) a audiência de instrução para oitiva das testemunhas nos processos que apuram os crimes de captação ilícita e abuso de poder econômico, no pleito eleitoral de 2016, em Barbacena. As ações referem-se a supostas reuniões realizadas durante o período de campanha entre os candidatos a prefeito e vice e pelo prefeito municipal à época, com servidores e funcionários contratados do Município.

O Juiz Joaquim Martins Gamonal abriu os trabalhos por volta das 08h30. Foram ouvidas apenas 4 testemunhas de defesa.Os advogados dos denunciantes dispensaram as testemunhas alegando que as provas que constam nos autos são contundentes e já caracterizavam o ilícito.

O atual consultor geral do município, Rafael Francisco de Oliveira, foi o primeiro a ser ouvido e confirmou a participação nas reuniões citadas por livre e espontânea vontade. O advogado negou ter sido coagido a participar dos encontros em troca de permanecer no cargo. A mesma afirmativa foi dada pela advogada Cacilda Araújo Silva, que atuou cmo subsecretária de Programas Sociais da Secretaria de Educação na gestão de Toninho Andrada. Cacilda negou qualquer pressão ou coação para participar dos encontros ou mesmo adesivar o próprio veículo. Foram ouvidos ainda Hugo Vidal e Imalúcia Maria da Silva.

 Após o encerramento, as partes terão dois dias para manifestarem. O Juiz Joaquim Gamonal destacou que a sentença deve ser proferida no início do mês de maio. Além do promotor público representando o Ministério Público Eleitoral, Vanne Victorino Rezende, participaram da audiência os advogados das coligações que apresentaram a denúncia, Albino Lucciani e Henrique Martins, e os advogados de defesa de Luís Álvaro e Ângela Kilson, Marcos Sampaio, e de Toninho Andrada, Igor Bruno Oliveira. O prefeito eleito e a vice, Luís Álvaro e Ângela Kilson, acompanharam a audiência. 

 
 

 

Testemunhas são ouvidas durante audiência que apura irregularidades nas eleições
Testemunhas são ouvidas durante audiência que apura irregularidades nas eleições
Redação do Barbacena Online
contato@barbacenaonline.com.br | (32) 98835-4900