Notícias


10 de agosto de 2017 às 22h32 atualizada em12 de agosto de 2017 às 08h36

Cães de rua voltam a ser alvo de reclamações

Ataque aos pedestres é um dos destaques

Da Redação
Cães de rua voltam a ser alvo de reclamações

Uma moradora enviou reclamação à nossa redação quanto à quantidade de cães abandonados pelas ruas de Barbacena. Ela relata que presenciou quando um animal avançou sobre uma criança que andava na rua com a mãe. Por pouco ela não ficou ferida, assinala.

A reclamante destacou, especialmente, os animais que ficam próximos ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade. “A vereadora (Vânia Castro) fez uma lei que as pessoas que forem passear com seus cães têm que recolher as fezes e está certo. Agora, e os cães de rua? Temos que conviver com eles e suas fezes, eles avançando nas pessoas, sendo que tem o canil municipal na região da Vila dos Sargentos, uma senhora que é moradora no Monsenhor Mário Quintão e acolhe cachorros de rua também, é só as pessoas ajudarem com a doação de ração. Eu gostaria que fosse tomada alguma providência quanto a isso”, desabafou.

Vários outros e-mails chegaram à redação do Barbacena online logo após a divulgação da Lei de multa para quem não recolhe as fezes dos animais. Um dos leitores do portal indica que a lei é correta e questiona a situação dos cães na região central de Barbacena, “eles latem a noite toda e os moradores do centro é que sofrem. Quem alimenta os cães vai para sua casa, na periferia, e dorme tranquilo”, finalizou.